Sexta-feira, 30 de Março de 2012

A mulher perfeita....

 

Numa espécie de dissertação sobre aquilo que para mim é o conceito de mulher perfeita , vou tentar explicar um pouco esse meu conceito.

Antes de começar realmente a explicar , importa referir que a existência de uma mulher perfeita só é concebível na imaginação masculina, nunca na realidade. O mesmo se aplica , por parte das mulheres , à existência de um homem perfeito, embora nós , homens , estejamos bem mais perto dessa coisa que se convencionou chamar de perfeição. {#emotions_dlg.tongue}

Ora , a minha mulher perfeita...
A mulher perfeita tem de ter um cérebro que funcione realmente. Não quero com isto dizer que tenha de ser um génio , uma sobredotada ou algo assim parecido,mas convém ser alguém que , com base nas suas próprias ideias e conhecimentos , emita opiniões fundamentadas e seja capaz de falar sobre algo, em contraposição à ovelha de rebanho , a que se limita a seguir o caminho(ideias) dos outros.

Depois , outra caracteristica importante , tem de ter senso de humor. Opa, seria incapaz de ter um relacionamento sério com alguém que não tenha senso de humor,alguém capaz de rir e fazer rir.

 

 

Há várias formas de demonstrar senso de humor , isso eu sei,mas humor é humor. Nem tem de ser uma Maria Rueff nem uma Ellen DeGeneres, até porque a Maria já é casada e a Ellen é lésbica , o que as torna um bocadinho mais afastadas do meu ideal de mulher perfeita. Basta-lhe ser bem disposta , com uma capacidade de encarar certos temas e situações com alguma dose de brincadeira e ligeireza.
Mais coisas que a mulher perfeita deve ter...

Passando à parte física ... Não sou daquelas pessoas que diz , quase como se alguém acreditasse nisso , que o aspecto físico é uma coisa secundária, de menor importância. É óbvio que tem importância, embora , para mim, , o aspecto físico é um assunto bocado complicado de abordar. Não porque tenha algum fetiche pelo tipo de mulher A em detrimento do tipo de mulher B, mas apenas porque , francamente, acho que não tenho um estereótipo rígido e inflexível da imagem física da mulher perfeita.
A beleza é um conceito relativo , isso é por demais evidente , e o que para mim é belo e atraente , para outra pessoa pode não o ser.Há belezas mais consensuais que outras ,mas , havendo a tal química , o sentimento , a empatia , acho que qualquer mulher pode ser a ''tal'' ,seja ela loira, morena , alta , baixa, preta , branca , magrinha, gordinha,...whatever!

 

 

Já devem , ao ler outros posts , ter percebido que sou realmente um tipo algo estranho, estranheza essa que se pode comprovar também por ter uma invulgar atração...fascinio...fetiche(?) por umbigos, pelo que se a mulher tiver um umbigo bem feito é logo meio caminho andado para estar à beira da perfeição. E se usar um piercing no umbigo , ui , então aí é logo para casar sem pensar 2 vezes. Em vez de lhe oferecer um anel de noivado até lhe oferecia era um outro piercing para o umbigo. {#emotions_dlg.lol}

Ainda relacionado com o aspecto físico, tenho , convém referir , uma certa aversão a mulheres entroncadas demais , com mais pêlos faciais que eu... esse tipo de coisas. Por mulheres entroncadas não se deve entender mulheres com mamas grandes , mas sim aquelas mulheres com um tronco grande , típico dos gajos que se confundem com armários, o que , logo à partida , exclui as mulheres que praticam culturismo.
Cor de cabelo, por exemplo , é-me indiferente .Hoje em dia , a cor de cabelo é tão facilmente mudável , acaba por não ter assim tanto peso no total das características procuradas numa mulher.
Ah , muito importante, não podia passar sem tocar no assunto: mamas! De seguida , portanto , passo a ''tocar'' nas mamas.
Ao contrário de muitos gajos que conheço , alguns deles meus amigos , não acho que seja assim tão importante terem uns apêndices mamários gigantescos. Quanto ao tamanho das mamas ,sou de ''exigências'' moderadas.Opa, algo aí na média , sem necessidade de exuberâncias peitorais.

 

 

Epá , depois , era bom que não fosse uma feminista ferrenha ,daquelas que casam e acabam por tratar melhor o cão que o próprio marido,apenas só para marcar a sua posição (dela, não do marido ,nem do cão) como um ser independente.
Por outro lado , uma mulher muito sem ''espinha'', submissa , é algo que também não me entusiasma particularmente.Ideal mesmo é um meio termo criado a partir da mulher feminista e independente e da mulher submissa.

Para o fim deixei a piéce de resistance , a característica fundamental da mulher ideal : ser adepta do Benfica!
Nem tem de saber que raio é um fora de jogo , um penalty ou  um extremo esquerdo , mas , importantíssimo, deve gostar do Benfica...
Gosto esse que se deve reflectir na escolha da cor da lingerie, cor do monovolume familiar e , com requinte fashion ,na cor das cortinas lá de casa.
Ao partilhar esta última parte, alguém , curiosamente, do sexo feminino, me disse o seguinte : ''mas tu  não queres uma mulher.. queres um companheiro de bola.''
Confesso que achei o comentário dela um bocado despropositado e injusto, até porque seria incapaz de ter um companheiro de bola que ousasse sequer pensar em vestir lingerie vermelha por baixo da camisola , comprada na feira , do Benfica. Que raio de amigos pensa ela que eu tenho?! Enfim!

Vá , e chega de dissertar e expor muito mais as características que procuro encontrar na tal mulher perfeita, senão arrisco-me a ter que ''dissertar'' para fora do país, em busca de asilo político por causa das ideias que defendo.

 

 

segredo revelado : A perfeição não existe , logo , por muito que idealizemos um dia encontrar aquela pessoa perfeita que nos complementa, arriscamo-nos a fazer uma busca tão em vão como a busca daqueles que já tentaram encontrar o abominável homem das neves ou o monstro de Loch Ness.

Podemos , se tivermos essa sorte , nalguns momentos , mais ou menos longos, da nossa vida , cruzar caminhos e destinos , partilhar sentimentos , ideias e desejos , ter e dar prazer físico e  mental , amar e até mesmo constituir família  com uma determinada pessoa que , naquela altura , corresponde ao nosso ideal de mulher ou de homem perfeito. Há quem encontre essa pessoa e nunca mais se separe dela , mantendo a certeza de que sim, é mesmo o ser perfeito para si, enquanto que há outros que encontram essa pessoa e , passado algum tempo (dias, meses , anos) concluem que encontraram uma réplica cheia de falhas , bastante longe da perfeição sonhada.

 

publicado por segredo_revelado às 23:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ''hellou''

. Ás 5 vou dar uma...volta ...

. 2016 : back to my (not so...

. O ''pacotão'' da Meo...

. ''Maizum''...

. Lá fora a chuva cai...

. Anselmo Ralph - Eu Te Ama...

. Olá 2014...

. Por aqui vai-se para a Ja...

. Solidão...

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2016

. Janeiro 2016

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds